Café da manhã reúne mulheres e fortalece mobilização dos policiais e bombeiros

Café da manhã reúne mulheres e fortalece mobilização dos policiais e bombeiros

O décimo segundo dia da vigília montada pelas entidades dos policiais civis, militares e bombeiros da Paraíba, na Praça João Pessoa, em frente ao Palácio da Redenção, foi marcada por um café da manhã que contou com a participação das mulheres e pensionistas vinculadas as categorias que cobram melhorias salariais do Governo do Estado.

O evento que aconteceu nesta segunda-feira (17), na Praça João Pessoa, foi bastante concorrido, contando com as mulheres e esposas dos policiais civis, militares, do corpo de bombeiros e pensionistas, todas indignadas com o quadro atual, onde a polícia da Paraíba aparece em destaque na mídia nacional e paga o pior salário do Brasil.

Durante o café da manhã, representantes das entidades discutiram vários encaminhamentos que serão colocados em prática, dependendo do resultado da nova reunião que está marcada para esta terça-feira (18), quando o governador João Azevedo deverá se pronunciar oficialmente com base das propostas que foram encaminhadas na busca de melhorias para a segurança pública.

O presidente do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba - COPM-BM - coronel Francisco de Assis, que vem participando ativamente de todas as mobilizações, também esteve presente ao café da manhã, onde comentou sobre o andamento das negociações.

“As entidades dos policiais e bombeiros estão abertas ao diálogo, procurando uma solução que seja viável. O que se quer na realidade é dignidade, mas até agora não houve nenhum avanço. Vamos para mais uma reunião nesta terça-feira, esperando uma resposta positiva para todas as categorias da segurança pública. Caso contrário, novos encaminhamentos entrarão em prática”, comentou.

Fotos Alexandre Tomaz

 

Aniversariantes

03/04/2020

  • ALESSANDRO FRANKE BORGES RIBEIRO - Major
  • MOISÉS FERREIRA DA SILVA FILHO - 1º Tenente
  • JOSÉLIA SANTOS LINS ALBUQUERQUE
  • GLAYDSON TRAJANO FARIAS